sexta-feira, 17 de abril de 2009

Ponto da Realidade

E realmente as ruas de São Paulo são péssimas para redigir...
O que me dá inspiração são apenas janelas de ônibus que insistem em balançar...
Me fazem ter a caligrafia torta mas não desisto em decifrá-las...
Vejo pessoas desviando olhares muchos...
Vejo o cansaço do trabalho fatídico e diálogos diários para desabafar a pressão....
Mulheres de saias desfilam e por vezes distraem a monotonia...
Mas os buracos insistem incomodar...
Idéias, pensamentos, borrões....
Acelera...
Acelera pra vida, assim como o tempo tem me jogado para o mundo...
Me faz sentir que pessoas descem, e passam pela sua vida deixando apenas lembranças...
Momentos insignificantes talvez...
Mas são meus...
E faço-os serem meus com uma intensidade única...
Perco horas a imaginar pessoas...
A ter ciência de que tudo é normal e tolerável...
Incompatíveis então com minhas loucuras e vontades...
Prefiro imaginar amores...
A boca seca, a pouco encharcada por goles de vinho, deseja beijos...
Não o beijo fácil e promíscuo da vida...
Mas sim o beijo verdadeiro da vida...
Aquele que te faz esquecer por horas o sentido do certo ou errado...
Nos faz refém...
E aos poucos vai nos despindo da sujeira do mundo...
Agarro-me na utopia eterna do querer...
E como querer se nem ao menos sei o que desejo?

Paro...guardo folhas amassadas...e desço no ponto da realidade!!!

Fernando Resende

3 comentários:

  1. e os garranchos e borrões feitos pelo saculejo da viagem...aiain!*

    ResponderExcluir
  2. Suas palavras me envolveram, me fazendo voltar aquelas viajens de ônibus em que eu fui de lá pra cá.
    As vezes a letra se despedaçava em pontinhos de tinta e outras pareciam até caminhos borboletas.

    Obrigada pela visita, ela me fez entender que preciso ser criança as vezes, não só por dentro.

    beijos e abraços

    ResponderExcluir
  3. ah...não desça no ponto da realidade!

    continue com seus belos ( mesmo que às vezes nostalgicos ) pensamentos.

    ah! lindo:

    "...boca seca, a pouco encharcada por goles de vinho, deseja beijos...
    Não o beijo fácil e promíscuo da vida...
    Mas sim o beijo verdadeiro da vida..."

    continue beijando a VIDA!

    e beijos e sorrisos pra vc!

    Flávia Braun ( a " Flavíssima " rsrsrs)

    ResponderExcluir

Rasuras